Planejamento: palavra chave para reduzir custos de uma obra

Dica da Semana Resdil

Quer reduzir o custo da sua obra? Quer aumentar a eficiência? A Resdil Cimento dá dicas práticas para orientar os proprietários das obras, profissionais da construção e vendedores. A proposta é elaborar um guia de orientações práticas.

Já iniciamos este projeto com o link “área técnica“, lá você encontra as dicas para a construção. Mas além destes materiais estamos publicando posts específicos.

leia também:  Cimento: propriedades de normas
–                           Tipos de Cimento
                             Origem do Cimento Portland

Neste post, em especial, vamos falar de planejamento.

Planejamento, eis a palavra mágica para o sucesso de uma obra. Ter uma planilha com todos os materiais que serão necessários nas etapas dos processos construtivos é essencial.

Mas além do material é necessário saber contratar. Somente é possível fazer boas escolhas se as indicações confirmarem o perfil do profissional.

Mas para isso é necessário saber quem é quem numa obra. Conhecer as funções de encarregado geral de obra, mestre-de-obras, pedreiro, servente, carpinteiro, auxiliar de pedreiro e armador de ferros é tão importante quanto saber planejar os custos dos materiais.

mestre de obras

Sempre tenha alguém de sua extrema confiança para supervisionar tudo, desde o início. Saber, por exemplo, identificar a profundidade do alicerce é tarefa básica e essencial. Este profissional de sua confiança também irá enxergar o taco errado no reboco ou no concreto.

O ferro mal dimensionado é um dos maiores responsáveis pelas rachaduras e fissuras nas paredes. Somente por estas observações é possível afirmar que esta pessoa de sua confiança deva ser um engenheiro.

Culturalmente no Brasil, infelizmente, grande parte das obras não contam com um engenheiro por perto. Quem estima a armadura das estruturas e calcula as vigas e lajes são os pedreiros e mestre de obras.

A probabilidade de retrabalho é muito grande para corrigir os problemas mais tarde. Neste casos, os investimentos para fazer os remendos elevam, e muito, os custos de uma obra, sejam elas de pequeno, médio ou grande dimensões.

Deixe um comentário