portland

Você conhece a área técnica do site da Resdil Cimento? Trata-se de um espaço para consultas. Lá podemos encontrar dicas práticas para o uso mais adequado do cimento, além de vídeos que contam desde o processo de produção do cimento até orientações para o dia a dia para melhorar a sua obra.

História do Cimento
Nas famosas obras gregas e romanas, a exemplo do Panteão e o Coliseu, já foram utilizados ligas com propriedades de endurecimento que reagiam com a adição da água.

A ilha de Santorino, assim como a cidade italiana de Pozzuoli, eram os lugares de extração do solo de origem vulcânica que permitiu a fabricação da liga. Esta história nos remeta há cerca de 4.500 anos atrás.

Invenção do cimento
O inglês John Smeaton conseguiu a calcinação de calcário mole e argiloso, em 1756.

Mas foi em 1824 que o inglês Joseph Aspdin transformou o cimento no pó fino que conhecemos atualmente. Ele era um construtor que conseguiu o resultado de solidificação a partir da mistura que não se dissolvia em água.

O nome Portland lembrava as propriedades das rochas da ilha britânica, lembrando a cor, solidez e durabilidade, sendo uma mistura que não se dissolvia na água.

Deixe um comentário