construcao

Sem dúvida, entender a dinâmica do mercado da construção civil é uma necessidade de grande importância para todas as lojas de materiais de construção.

Com informações estruturadas é possível direcionar o treinamento dos funcionários que estão no balcão visando melhorar o atendimento e conquistar a fidelização dos clientes.

Decisão de Compra
Recente pesquisa do Instituto Data Popular revelou que a decisão de compra dos materiais básicos de uma obra, como por exemplo, cimento, ferragens, tubos e conexões, está nas mãos dos profissionais responsáveis pela obra ou para os balconistas das lojas de materiais de construção.

Uma das informações essenciais que o balconista deve saber é o estágio da obra ou se a necessidade do material procurado é para uma reforma.

O bilionário mercado das reformas
Analisando o estoque de moradias no Brasil, estudos da Fundação Getúlio Vargas para o Construbusiness confirmam que o mercado de reforma movimenta ao ano R$ 32 bilhões.

As residências brasileiras necessitam de reformas constantes para evitar a desvalorização do imóvel. Sem reparos as casas se deterioram. É confirmado que o setor de reforma tem uma importância fundamental para minimizar o déficit habitacional brasileiro.

mercados das reformas

 Estamos frente a uma tendência? Se as lojas de materiais de construções trabalhassem estas informações com mais foco no atendimento dos clientes, seria possível aumentar as vendas e conquistar mais clientes? Com toda certeza, a resposta é sim.

Linha de financiamento específico
O tema é relevante para entender o comportamento do consumidor. Estamos diante um mercado que dispõe de linhas de financiamento para a compra de materiais de construção com recursos do FTGS. Até dezembro de 2013 estão disponíveis R$ 300 milhões.

Enfim, qual é o potencial de moradias na região da sua loja que passarão por reformas nos próximos meses? Quais são os fatores para que a tomada de decisão seja feita? A pesquisa encomendada pelo Clube da Reforma ao Instituto Data Popular revela alguns pontos muito importantes.

– 35% das reformas são feitas para resolver problemas
– 21% das reformas visam valorizar o imóvel
– 21% tem a função de melhorar a estética
– 17% querem aperfeiçoar o uso do espaço interno.

Estes são alguns dos indicadores  que as lojas podem considerar na elaboração de um trabalho de pesquisa qualitativa junto aos seus clientes. Estas informações, com toda certeza, têm o poder de definir estratégias de vendas e garantir maior eficiência no atendimento no balcão.

resdil_caue_2

 

Deixe um comentário