Como as startups de construção estão mudando o mercado de obras?

Em comparação com outros setores, a construção civil é considerada conservadora e pouco digitalizada. Porém, se depender das startups de construção, esse cenário deve mudar em breve.

As chamadas construtechs estão crescendo rapidamente no Brasil e trazem soluções inovadoras para o setor da construção civil. Elas prometem revolucionar todas as áreas, desde o projeto e arquitetura até as tarefas dos operários no canteiro.

Será que o mercado brasileiro está recebendo bem as startups de construção? Quais inovações elas estão trazendo? Se você ficou curioso, confira agora mesmo como as construtechs estão transformando o mercado!

O são construtechs?

Nem toda empresa recém-criada é uma startup. Para se enquadrar nessa definição, as novas empresas precisam ter um modelo de negócio escalável e repetível e que trabalhe com um certo grau de incertezas. Na prática, isso significa que as startups precisam oferecer um produto ou serviço inovador, que ainda não foi testado e comprovado por outros players do setor.

As startups de construção são chamadas de construtechs. Elas são empresas que buscam resolver os problemas de toda a cadeia produtiva da construção civil por meio de soluções inovadoras e uma abordagem fora do comum. Não é uma regra, mas a maioria das startups da constrição usam a tecnologia, a automação, a internet e os dispositivos móveis em seus produtos ou serviços.

Por que a chegada das startups de construção é importante para o setor?

A construção civil, apesar de ser um dos setores mais importantes para a economia brasileira, tem potencial para render ainda mais. Muitos gestores de obra sofrem com processos ineficientes, atrasos e problemas recorrentes em seus trabalhos.

Além do potencial para reduzir custos e aumentar a produtividade, as construtechs ainda podem ajudar os profissionais e melhorarem suas relações com os clientes. Eles estão cada vez mais exigentes e esperam tecnologia e qualidade em seus empreendimentos. Graças à tecnologia, isso pode ficar mais fácil.

Enfim, com a inovação proposta pelas startups de construção, este setor pode se desenvolver ainda mais e acelerar o crescimento brasileiro.

Como as startups de construção estão transformando o mercado?

Com muitas boas ideias, as transformações atingem todas as áreas da construção e podem melhorar o dia a dia dos profissionais de toda a cadeia de valor da construção. Veja alguns exemplos de soluções propostas pelas construtechs:

  • Aplicativos para gestão digital do canteiro de obras que incluem gestão do orçamento, do cronograma, dos arquivos do projeto, comunicação entre a equipe, entre outros aspectos;
  • Plataformas online de aluguel de equipamentos;
  • Uso de realidade aumentada e realidade virtual na construção e na venda de imóveis;
  • Otimização e automação do desenvolvimento de orçamentos de obra;
  • Gestão de resíduos de obra usando um software que funciona em parceria com diversas empresas prestadoras desse serviço;
  • Plataformas para contratação de diversos profissionais de obra;
  • Uso de dados, análises e inteligência artificial para tomar decisões na obra;
  • Uso de drones e robôs no canteiro de obra.

Enfim, as construtechs não param de chegar ao mercado brasileiro. As startups de construção são uma grande tendência e o uso da tecnologia deve continuar transformando o mercado nos próximos anos. Fique ligado nas novidades para se manter em dia com o mercado!

Deixe um comentário