indicador econômico de cimento5,5 milhões de toneladas. Este é o número das vendas de cimento no Brasil em junho de 2013.

Este número indica crescimento de 3,0% em relação ao ano passado. Apesar do crescimento, observamos uma redução do ritmo de vendas em relação aos anos anteriores.

A região sudeste continua sendo a campeã nas vendas e o crescimento foi de apenas 2,0%. Vale destacar que o cimento é uma das principais commodities mundiais que indicam o desempenho econômico de um país.

Com base neste indicador, as regiões Norte e Sul apresentam resultados estáveis de crescimento e o norte com crescimento praticamente nulo, na ordem de 0,4%, em relação ao mesmo período de 2012.

Complemento:

Mesmo ainda sendo registrados crescimentos nas vendas no ano de 2013, mais uma vez observamos um tímido crescimento nas vendas acumuladas (janeiro a junho de 2013) que, com crescimento de apenas 1,6% em relação ao mesmo período de 2012, quando em junho daquele ano, ao compararmos as vendas do 1º semestre de 2012 com o mesmo período de 2011, o crescimento era de 9,3%, fica evidente uma desaceleração nas vendas acumuladas neste ano em comparação com o ritmo adquirido em 2012 ou 2011.

A região sudeste, responsável por quase 50% das vendas de cimento do país (registrou exatamente 50,6% das vendas brasileiras no 1º semestre de em 2011, 48,7% no 1º semestre de 2012 e 48,2% agora em 2013 ) registra crescimento praticamente nulo neste 1º semestre de 2013 (cresceu apenas 0,2% sobre 2012). Da mesma forma, as regiões Norte e Sul apresentam resultados estáveis de crescimento em vendas, com o norte com crescimento ZERO e o Sul registrando um pequeno crescimento de 0,4% quando comparadas às vendas do 1º semestre de 2012.

Para o indicador CIMENTO, registra-se um esfriamento nas vendas e consumo neste ano, destoando dos anos anteriores, porém acompanhando o fraco crescimento do PIB neste exercício.

Referência do conteúdo: www.cimento.org

Deixe um comentário