artefatos de concretoA Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) está alerta para as tendências do mercado. Dentro desta visão, lançou o curso de blocos e artefatos de concreto. Esta é uma área em ascensão que exige qualidade cada vez mais apurada.

O curso intitulado “Diretrizes para Instalação de Artefatos de Concreto” está sendo ministrado pelo consultor da ABCP, engenheiro Idário Fernandes.

Confira mais informações do conteúdo programático.

Esta é a dica da Resdil Cimentos da semana.

Cimento e a qualidade da obra
Até mesmo profissionais experientes na construção estão sujeitos a não atentarem para o tipo de cimento para determinados serviços a serem executados.

Neste sentido sempre é bem vindo rememorar e estudar a definição oficial do cimento: “trata-se de um aglomerante hidráulico resultante da mistura homogênea de clínquer Portland, gesso e adições normalizadas finalmente moídos”.

O conceito de aglomerante diz respeito à capacidade de unir materiais diversos: areia, pedra, cal, aditivo e outros. Essa mistura dá origem a formação de pastas, concretos e argamassas.

Já a palavra hidráulico está associada à reação da mistura com a água. O cimento hidrata e tem a propriedade de enrijecer e transformar-se em rocha artificial.

As especificações do cimento são  normatizadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas. Ou seja, a fabricação do cimento exige processo industrial sofisticado resultante de calcário, argila, minério de ferro e gesso.

Dica básica para preparar concreto em betoneira
qualidade da obra

Deixe um comentário